Sobre a Raça

A história do Lykoi

O gato Lykoi é uma mutação natural de um gato com pelo curto que tem a aparência de um lobisomem. Essa mutação tem ocorrido em gatos domésticos por mais de 20 anos, mas até então, não se ouviu falar de ninguém que tenha iniciado a raça.

 

Os primeiros gatos Lykoi vieram de duas ninhadas totalmente diferentes. A primeira ninhada foi apresentada à Sra Tomas, em Virginia como uma possível mutação de Sphynx (que foi refutada após testes de DNA).

 

Essa ninhada nasceu em Julho/2010 e foi dada aos cuidados de um grupo de resgate. A mãe parecia ser uma gata preta de pelo curto comum. O Dr. Leslie Lyons fez um teste de DNA complementar nos filhotes para comprovar que não eram nem da raça Sphynx, nem da raça Devon.

Como a Sra Tomas não tinha tempo, nem todos os recursos necessários para terminar as pesquisas genéticas e testes de saúde que eram necessários, ela doou a ninhada ao Dr. Johnny Gobble (como sugestão de uma amiga em comum, Cheryl Kerr).

O casal (Johnny & Brittney) ficaram imediatamente fascinado pela aparência dos gatos! Brittney Gobble foi ao encontro dos filhotes e de sua mãe. Já que eles vivem em regiões diferentes dos Estados Unidos, foi uma aventura e tanto, e os gatinhos são ótimos viajantes! argumentou Brittney.

 

Pouco depois, Brittney juntamente indicada por  Cheryl Kerr foi até outra ninhada de gatos parecidos no Tennessee.

 

Quando chegou para pegá-los, ela notou que eles tinham padrões similares aos gatos de Virginia (mesmo padrão de cores, tipo de pelo etc.).

 

Viram que a nova ninhada encontrada era uma bênção de Deus. Após os testes genéticos e avaliação de saúde dos gatos, eles foram adicionados ao programa para aumentar o número de gatos ao pool genético.

Depois de dar início ao programa, Johnny – que é veterinário – decidiu que seria necessário fazer alguns testes para checar se eles não estavam lidando com alguma doença ou distúrbio que pudesse causar aquela aparência dos pelos. Os testes para doenças infecciosas foram os primeiros a serem feitos em sua própria clínica. Testes de DNA foram feitos em outra clínica para comprovar que essa nova ninhada não continha gene nem de Sphynx nem de Devon (os resultados mostraram que não se tratava de nenhuma das duas raças).

 

Eles também fizeram testes de DNA para doença genética, cor e tipo de sangue em todos os gatos encontrados. Na Universidade do Tennessee, os dermatologistas os examinaram para checar se não havia anormalidades na pele, junto com biópsias e concluíram que nada disso causava o tipo de pelagem que os gatos apresentavam.

 

O que observaram era que nem todos os folículos capilares tinham os compostos necessários para que fossem criados pelos (por isso o Lykoi não é inteiro coberto de pelos). Eles também notaram que os folículos que produziam não tinham as estruturas para mantê-los por muito tempo (por isso o Lykoi pode ficar inteiro sem pelos de tempos em tempos).

 

O cardiologista também fez testes cardíacos para procurar alguma anomalia nos corações. Após feitos todos os testes, foi concluído que os gatos eram perfeitamente normais e que a falta de pelos não era proveniente de nenhuma doença ou distúrbio. Foi determinado que era de fato uma mutação natural, portanto o programa de criação do Lykoi teve início. No dia 14 de setembro de 2011, o primeiro filhote de Lykoi veio ao mundo.

O nome “Gato Lykoi” significa, basicamente, “Gato Lobo” em grego. Após entrar em um acordo com o nome da raça dos gatos, Johnny enviou todos os documentos necessários a TICA para ter a raça Lykoi como “experimental” (uma forma de saberem que estavam no processo para estabelecer uma nova raça.)

Eles notaram que os gatos com a cor preta tinham o padrão do gato lobisomem mais acentuada, por isso estavam focando em produzir somente gatos pretos que tinham esse gene. Como somente gatos domésticos de cor preta eram de sua descendência (nenhum gato com pedigree foi envolvido) somente gatos domésticos pretos estavam sendo usados para o cruzamento para que o gene seja perpetuado e que nasçam gatos saudáveis.

 

A reprodução e o cruzamento da raça Lykoi foi feita no Tennessee, onde Johnny e Brittney vivem.

Agora já se tem  filhotes em diversos locais dos EUA, Canadá e outros lugares no mundo que estão perpetuando essa nova espécie.

 

O casal também está em contato com o Dr. Leslie Lyons e sua equipe, onde estão trabalhando para descobrir mais acerca desse gene único e toda sua cadeia.

Desde a primeira reprodução, Johnny e Brittney localizaram ninhadas a partir de gatos selvagens que também eram Lykoi no Texas, Missouri e Carolina do Sul.

 

Cheryl Kerr localizou uma colônia em Vermont e eles também puderam fazer parte dessa ninhada.

Em 2014, eles conseguiram o reconhecimento do TICA como “Nova Raça Preliminar” (NVP). Todos que integravam o comitê aceitaram a nova raça sem objeções.

 

Eles agora são uma nova raça e podem começar a integrar o NVP. Em maio de 2015 eles enviaram os documentos ao TICA, na Áustria para que, assim, tenham o reconhecimento completo de uma nova raça.

Lykoi

Gênnetos Gatil

Nossas redes:

  • Gênnetos Gatil - Lykoi
  • Gênnetos Gatil - Lykoi

Santo André | São Paulo | Brasil

©Gênnetos Sphynx & Lykoi - Todos os direitos reservados